Perguntas Frequentes

Clique nos títulos para saber mais.


Ritos Tibetanos

O Tibete é e sempre será para os tibetanos a sua terra natal, mesmo
para aqueles que foram expatriados e para seus filhos e netos que não
tenham nascido lá. Os tibetanos refugiados ainda mantêm a esperança de
ter o Tibete liberado e poder lá retornar, um dia, para encontrar seus
familiares e sua história. E para os que lá estão poderem exercer suas
crenças, falar sua língua e expressarem seu conhecimento. Para que
isso aconteça, mantemos, em paz, o trabalho de resgate da nação para o
seu povo.

Category: Ritos Tibetanos

A posição geográfica do Tibete e a dificuldade de comunicação explicam o porquê de os Ritos serem tão pouco conhecidos no mundo ocidental.

Category: Ritos Tibetanos

Existe uma diferença entre o que aprendi no Tibete sobre o primeiro Rito e uma publicação datada em 1939[1]. Aprendi que, em vista de os Ritos fazerem parte da medicina preventiva tibetana, os iniciantes devem praticar o exercício de girar (que faz parte do Lam Rim, isto é, da medicina curativa) sob a orientação e o acompanhamento de um terapeuta, ao contrário da sequência completa dos Ritos Tibetanos, que você pode praticar sozinho, em família, com um grupo de amigos ou desconhecidos. Você pode até mesmo difundir o seu ensinamento, após estar seguro de ter aprendido muito bem os Ritos. Assim, contribuirá para que mais pessoas possam se prevenir de doenças, adotando hábitos saudáveis e atitudes que visem um mundo melhor, com seres sensíveis cada dia mais próximos da iluminação. O propósito maior é participar da evolução inerente a todos os seres, assim como da regeneração do nosso maravilhoso planeta.

A sequência completa dos 21 ritos tem caráter preventivo e pode ser praticada individualmente, sem qualquer acompanhamento, respeitando-se as contra indicações e os limites do próprio corpo.

[1] Kelder, Peter. The Eye of Revelation, 1939.

Category: Ritos Tibetanos

Em seu livro, “Os 21 Ritos Tibetanos”, Eneida procurou ser fiel a sequência completa e original da forma que aprendeu no Tibete. A ordem pode ser escolhida pelo aluno após conhecer toda sequência de acordo com seu momento de vida. Como fazer essa escolha está explicado no livro e no curso.

Category: Ritos Tibetanos

Temos uma cota de energia vital para ser utilizada em cada etapa da vida. Quando exaurimos essa cota, adoecemos e aceleramos nossa degeneração e envelhecimento. Por outro lado, economizando essa energia e a repondo por meio da prática dos ritos, asseguramos nossa saúde e longevidade com qualidade de vida, alegria e prazer.

Category: Ritos Tibetanos

Informações Preliminares

Eneida desenvolveu um método para ensinar os Ritos Tibetanos para pessoas especiais, isto é, pessoas com deficiência visual, ou auditiva, ou mental, ou motora parcial, ou cadeirante também podem se beneficiar.

Silêncio, tranquilidade, harmonia. Dentro do nosso espaço não é permitido uso de bebida alcóolica, drogas, acender cigarros, preparar carnes, frituras e açúcar branco.

Não. Veja hotéis para animais de estimação.

Sim. Quem não fará o curso e estiver hospedado em Casa Branca ou quiser apenas passear pode fazer caminhadas e passeios pela região.

O curso é intenso, por isso, crianças podem nos desconcentrar.

Varia de acordo com a combinação com o organizador do local, pode ser até 28 alunos. Eneida prefere com 10 pessoas.

O workshop é teórico e prático, cada um pratica no seu limite. Por isso, não existe contraindicação para quem está acima do peso ou sedentário.

Não. Podem ser realizados em outra cidade, estado ou país dependendo do interesse e do número de participantes poderá ser organizado em outras localidades.

Poderemos dar dicas por email.

Enviaremos como chegar aos inscritos.

Eneida ministra este workshop onde é chamada.

O próximo será em Casa Branca, área rural de Brumadinho,

Minas Gerais – Brasil

Fica 35 km de Belo Horizonte, MG.

Em um condomínio fechado com segurança ativa 24 horas.

Enviaremos o endereço completo aos inscritos.

O ideal é fazer o curso completo, mas as aulas são independentes e podem ser feitas isoladamente, ou mesmo repetidas por aqueles que desejam fixar determinados movimentos.

O workshop é tanto teórico como prático e por esta razão você deverá vir com uma roupa confortável para a prática de exercícios, e trazer um agasalho e meia, estamos numa região de muitas árvores e cachoeiras, o que faz esfriar mais cedo.

Durante a prática retirar relógio ou pulseiras, brincos e colares, e também evitar o uso de perfumes e cremes. Antes do curso deve ser consumida apenas uma alimentação leve.

No curso dos 21 Ritos cada aluno terá a oportunidade de conhecer a função de cada um dos ritos, a sequência dos movimentos e o retorno emocional e físico que cada um deles pode trazer quando praticado com regularidade. Cada aluno terá a condição de escolher quais deles se encaixarão em sua vida naquele momento como também a base para novas escolhas em momentos futuros.

Ensinar toda a sequência dos 21 ritos, mostrando os benefícios fisiológicos e sutis de cada um e como escolher sua própria série em momentos de crise ou estresse.

Sim: gravidez, qualquer cirurgia de médio a grande porte há menos de seis meses, problemas cardiovasculares e lesão na coluna vertebral.

Valores e informações para pagamento você receberá por e-mail, após preencher o formulário ou encaminhar-nos um e-mail informando a terapia / evento que deseja..

Para fazer o curso não é preciso ter preparo físico. É importante aprender e continuar praticando para ir melhorando.
O curso-vivência é teórico e prático, cada um pratica no seu limite. Por isso, não existe contra indicação para quem está acima do peso ou sedentário.

Curso de Aprofundamento

–  Para a hora do curso: estar com roupa confortável; e se quiser fazer anotações, caderno ou agenda, lápis, caneta e borracha.

Para os dias do curso 21 Ritos Tibetanos, se for hospedar em Casa Branca, trazer:
–  agasalhos, pois estamos numa região de muitas árvores e cachoeiras, o que faz esfriar mais cedo.
–  roupa de banho; toalha de banho externo para cachoeira, algumas pousadas oferecem passeios.
– lembre-se de trazer seus objetos de uso pessoal, pois estamos longe da cidade.
Obs: – Traga apenas os objetos pessoais essenciais. Não traga objetos de valor. A maioria das pousadas aqui não possui cofre.

– Sugerimos sincronizar nosso relógio interno para fazermos as refeições juntos ou a alimentação pode ser trazida pelo aluno ou aqui indicaremos restaurantes, ou pode ser encomendada comida caseira aqui (depende do gosto).

– Os horários das refeições respeitam a programação do curso e tem como objetivo o ciclo da promoção da saúde.

– Não temos assistência médica. Traga seus medicamentos de uso pessoal.

– Quem precisa de acompanhamento individual, psicológico ou farmacêutico, é imprescindível que traga consigo o profissional adequado ou um familiar responsável.

Programa:

– Ritos Tibetanos – Conceito

– Aprofundamento no potencial dos Ritos.

– Como praticar

– Atuação dos Ritos em nós

– Em situações especiais

– Quais os objetivos da prática

– Etapas da prática

– Disciplina com a frequência

– Como, quando e porque escolher sua série.

– O que a dificuldade, o prazer ou a razão quer nos dizer

– Reações imediatas

– Disfunções e desconforto

– Entendendo outras manifestações.

– Porque ocorrem estalos, bocejos, tonturas, tremores…

– Como evitar os malefícios do estresse e envelhecimento.

– Como usufruir das Fontes de energia

– Estilo de vida.

– Destaque para: -Suprarrenais, – Timo, – Pineal, – Paratireoide.

– Preparação para a morte.

– Diferença entre Ritos e LAM RIM

– Conceitos errôneos

– Conceitos Tibetanos sobre: egoísmo, morte, doenças, dor, culpa, ética, depressão, raiva, julgamentos…

– Esclarecimentos gerais: mantra/martram, contraindicações, subdivisões, história…

– Motivo dos Ritos ter ficado tanto tempo em segredo.

Sim. O curso de aperfeiçoamento pode ser feitos, também, por quem quer se aprofundar nas práticas e conteúdo dos 21 ritos tibetanos.

O curso para aperfeiçoamento é constituído de 16 horas/aula de práticas, tira dúvidas e monitoria dos 21 Ritos Tibetanos.  Para aqueles que já participaram do curso-vivência de 8 horas/aula.

Ou um total de 24 horas/aula. O curso consiste em práticas terapêuticas que permitem o aluno-profissional utilizar consigo mesmo, ou outros, as técnicas aprendidas, imediatamente após cada aula.

Sim. Eneida Caetano é a primeira brasileira a ministrar o workshop e o curso dos 21 ritos tibetanos em língua portuguesa.

Load More