Eneida desenvolveu um método para ensinar os Ritos Tibetanos para pessoas especiais, isto é, pessoas com deficiência visual, ou auditiva, ou mental, ou motora parcial, ou cadeirante também podem se beneficiar.